quarta-feira, 23 de novembro de 2011

só desejando respirar um pouco mais
soluçar um pouco menos
antes de amortecer os sentidos
e expulsar a mágoa escorrida dos olhos
 
só desejando não ter memória
das horas de todos os dias
das horas noturnas
de súplica de mim,
da minha voz escrita

como se eu fosse alguém

como se eu fosse única

como se eu fizesse falta
para um sonho bom
ou apenas
boa noite
para dormir com os anjos
...