quarta-feira, 17 de julho de 2013

Não consigo evitar...


O que alguém também não evitou...
Assim me presenteio todos os dias com o que resta de um passado que passou, 
                                                       só não passa.


 “O perdão sempre existe, o julgamento é o da minha incapaz fraqueza e o vazio é do grande buraco que engole quando tento sair dele. O amor...”
(Vanessa da Mata)